TESTE DA CHAMA

Em novembro os alunos do 10B realizaram algumas experiências sobre as quais elaboraram trabalhos escritos.

O objetivo deste trabalho foi detetar certos elementos em amostras minerais, comprovando a presença de alguns iões, por meio das cores emitidas.

Reuniu-se o material necessário:
• 3-Cadinhos de porcelana;
• 2-Cápsulas de porcelana;
• Proveta (ml) ;
• Espátula;
 • Vareta de vidro;
 • Balança (+/- 0,0001)g .


Respeitaram-se as regras de segurança e as medidas de primeiros socorros:


 
Os Procedimentos:

1- Utilizar cápsulas e cadinhos de porcelana, álcool etílico e amostras de cerca de 1g dos compostos , NaCl, LiCl, KCl, BaCl2 e CuCl2 .
2-Colocar as amostras nos cadinhos e nas cápsulas e adicionar, a cada uma,
aproximadamente 5 ml  de etanol.
3-Depois de colocar o etanol a todas as amostras, inicia-se a ”queima” dos compostos  e regista-se  a cor obtida (a olho nú).

O Registo de observações: 
Substância
Cor da chama
Elemento responsável pela cor da chama
CuCl
 Verde-azulado
Cu(Cobre )
NaCl
Amarela
Na(Sódio)
LiCl
Vermelho-carmim
Li(Lítio)
KCl
Violeta
K(Potássio)
SrCl
Vermelha
Sr(Estrôncio)
BaCl
Verde
Ba(Bário)

Cores emitidas na realização da experiência:
Substância
Cor da chama
CuCl
 Verde-azulado
NaCl
Amarela
LiCl
Vermelho-carmim
KCl
Violeta
BaCl
Verde

Com esta atividade experimental concluímos que, quando um composto absorve energia, os eletrões da camada de valência podem transitar de nível de energia passando a estados excitados.
Estes eletrões voltam ao estado fundamental, que é mais estável, quando isso acontece há uma emissão de energia por parte da substância.

Quando há emissão de energia podemos observar uma cor, e essa cor depende da substância, porque cada elemento tem uma cor própria característica.

Este fenómeno acontece também nas auroras borealis, estas adquirem na sua constituição certos elementos químicos, pois resultam de agressivas colisões entre partículas do vento solar e da atmosfera.

Assim, as auroras boreais são constituídas por diferentes elementos e a cada elemento vai corresponder uma cor da chama. Como existem diferentes elementos na sua constituição, as mesmas vão apresentar cores distintas.